Pilates emagrece mesmo! Veja dicas e saiba como fazer

Pilates  emagrece e é uma excelente opção para o cuidado com o corpo. Emagrecer quase sempre se torna um desafio para todos, por isso mesmo é sempre importante conhecer coisas novas.

Pilates Emagrece porque vai mexer com todo o seu corpo e assim fará você queimar energia, emagrecendo de maneira mais rápido.

Por isso mesmo, é sempre importante se manter atento as novidades, já que emagrecer é um processo metodológico e pensar também é parte do processo, por isso mesmo é interessante ter na cabeça que Pilates Emagrece.

Sendo assim, resolvemos mais falar sobre isso e se você tem curiosidade. Basta continuar lendo que você entenderá tudo. Saiba o porque pilates emagrece.

Aula de Pilates Emagrece

O Pilates emagrece e é ótimo para aumentar a flexibilidade e tonificar os músculos. Além disso ele combate a dor, melhora a postura, aumenta a força e quando realiza-se em conjunto com dieta e outra atividade física, ajuda a emagrecer.

No entanto, quando utilizado como única forma de tratamento este método não é tão eficiente para emagrecer porque não gera uma grande perda de gordura por si só. Por isso é muito importante adequar a alimentação e fazer também alguma outra atividade física que tenha um alto gasto calórico como corrida ou muay thai para conseguir queimar gordura.

O Pilates emagrece e tonifica a musculatura e torna mais fácil permanecer na postura correta diariamente e isto, além de disfarçar a barriga, alonga o corpo, deixando a silhueta mais elegante. Como a musculatura abdominal é a mais trabalhada em todos os exercícios de Pilates, a barriga fica durinha e o abdômen, mais definido.

Emagreça fazendo pilates. Saiba que pilates emagrece

Outros benefícios do Pilates são: aumentar a concentração mental e aliviar o estresse, pois é necessária muita concentração para realizar os exercícios, fazendo com que o indivíduo foque toda a sua concentração no exercício.

As aulas de Pilates duram aproximadamente 1 hora e pode-se perder de 200 a 400 calorias dependendo dos exercícios realizados. Os melhores profissionais para dar aulas de Pilates são o educador físico e o fisioterapeuta com o devido conhecimento do método.

Um artigo científico publicado em 2011 refere que a prática de exercícios de resistência, como o Pilates, durante um tempo aproximado de 8 semanas é capaz de diminuir em 13% a gordura do fígado.

Mesmo que estes números não espelhem-se diretamente na balança, a prática regular de exercícios físicos como o Pilates ajuda a emagrecer porque ele acelera o metabolismo e favorece a formação dos músculos, que aumentam o gasto calórico mesmo parado. Os resultados podem ser vistos ao final do primeiro mês de aulas e os outros poderão observar suas novas curvas em aproximadamente 6 meses.

Pilates Ajuda a Emagrecer

O Pilates emagrece e também é uma forma de exercício, e como qualquer exercício, ele irá ajudar a queimar algumas calorias. Exercícios de Pilates tem como principal alvo os músculos das costas, abdominais e do quadril, e eles usam o próprio peso e resistência do corpo para trabalhar os músculos específicos. Os exercícios devem ser feitos lentamente e de forma controlada. Em sua teoria, ele ensina o corpo como usar seus próprios mecanismos para recrutar os músculos centrais do corpo.

Originalmente, o Pilates era popular com dançarinos e em reabilitação. Como com qualquer outra coisa, o Pilates emagrece e evoluiu com o passar dos anos e há várias técnicas diferentes com variações.

Mas quais são esses benefícios?

Como eu já mencionei, alguns aspectos do Pilates foram estudados e analisados com mais detalhes. Entretanto, por haver tantas técnicas diferentes, nem todos os pontos se aplicam a todas as técnicas ou pode haver aspectos que faltam. No geral, o Pilates é conhecido para:

Reabilitação de atletas

Ajuda na reabilitação de atletas como ginastas e dançarinos. Historicamente, o Pilates emagrece e se originou e foi amplamente usado como uma ferramenta de reabilitação.

Bom para dor na lombar

Estudos sugerem que ele pode oferecer resultados positivos para o tratamento de dor lombar não específica.

Melhora a flexibilidade e movimento

Alguns estudos também analisaram outros aspectos da reabilitação de ferimentos como tratamento de ferimentos no quadril. No geral, se acredita que ele ajuda a aumentar a flexibilidade e extensão de movimentos.

Postura melhor

Ajuda a melhorar a postura. Isso pode ter benefícios para a saúde e para a aparência.

Muda a forma do corpo

O Pilates permite mudar a forma do corpo. Sempre para o melhor. Tonificar os músculos em áreas como o quadril e abdômen pode dar o efeito de uma barriga sequinha e também pode diminuir centímetros do quadril e cintura. Essas áreas também parecem firmes.

Alguns especialistas sugerem que a ligação do Pilates com perda de peso é apenas uma apresentação errônea do produto. Em palavras simples, o Pilates emagrece sim, mas ele não é uma ferramenta eficiente para perder peso. Se o seu objetivo for apenas o de usar o Pilates para emagrecer, é melhor gastar essa energia com outros exercícios e esportes.

O Pilates  emagrece e foi desenvolvido para reabilitação e tratamento em diferentes condições como dor nas costas, sendo considerado um dos exercícios de baixo impacto, de forma que a perda de peso é apenas uma consequência e, dependendo dos tipos de exercícios que você faz, você não conseguirá essa perda de peso.

Pilates faz bem para a saúde

Ele pode ser usado para perda de peso desde que…

Um estudo sugere que uma hora de Pilates emagrece e pode usar entre 241 a 421 kcal. A quantidade de calorias usada depende do indivíduo e da intensidade do exercício, então trataremos isso como um guia normal ao invés de uma iniciação. Ainda assim, é claro que em comparação a outras formas de exercícios, ele não é o mais eficaz.

Pilates Emagrece em Quanto tempo

Se você está se perguntando “quanto tempo levará para emagrecer com Pilates“, sabia que o tempo depende de cada pessoa e cada caso é um caso.

É complicado falar em tempo, porém, ter pressa para emagrecer em qualquer exercício que seja não é bom.

Você pode se frustrar e abandonar a pratica de exercícios caso não atinja as suas expectativas. Aqui vão algumas dicas para você acelerar o emagrecimento praticando Pilates:

  • Faça uma dieta de baixo consumo calórico;
  • Beba mais água;
  • Coma apenas quando sentir fome;
  • Evite os doces e açúcares;
  • Consuma mais proteínas do que carboidratos;

Outra importante dica poderá mesclar com exercícios aeróbicos, esse tipo de exercício ajudará a definir. Abaixo teremos algumas boas opções. Veja:

 

  • Bicicleta no chão

 

Esse exercício irá te fazer acelerar o metabolismo e aumentar um pouco a força dos músculos das pernas. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

1 – Deite-se no chão ou no Colchonete, mantendo as costas pressionadas no chão com as pernas esticadas.

2 – Agora, levante-as para o alto, somente um pouco acima do chão. Coloque suas mãos atrás da cabeça e flexione levemente as pernas.

3 – Mantenha as mãos atrás do pescoço e entrelaçar os dedos.

4 – Forme um ângulo de 90 graus flexionando os joelhos e esticando a outra perna em uma altura próxima ao chão e ao mesmo tempo. Com o movimento lento de ambos perna e braço, tocar seu cotovelo direito com o joelho esquerdo. Agora faça o mesmo com o cotovelo esquerdo e joelho direito.

Comece devagar e vá aumentando a velocidade, esse exercício pode ser feito em casa e irá te ajudar a emagrecer com rapidez.

 

  • Abdominal Cruzado

 

1 – Deite-se de costas para o chão.

2 – Flexione a perna cruze a outra perna, colocando o tornozelo sobre o joelho oposto.

3 – Coloque os braços para trás e eleve o tronco.

4 – Faça um movimento se rotação de modo que o cotovelo aponte para o joelho oposto, retornando para a posição inicial em seguida

Faça duas séries de 15 repetições, pode alternar também os lados. Bom exercício para iniciante.

  • Prancha Frontal

Esse exercício irá promover o fortalecimento das pernas e auxiliar na queima de calorias. O foco maior é diminuir a gordura abdominal. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

1 – De bruços, você tem que apoiar os cotovelos e o antebraço no chão e deixá-los alinhados aos ombros.

2 – Com as pontas dos pés apoiadas no chão, alinhe-os com os cotovelos.

3 – O corpo tem que ficar ereto e então você deve contrair o abdômen.

4 – Nessa posição, você deve tentar ficar por 30 segundos.

5 – Relaxe e faça novamente – pode fazer 5 séries

Para iniciantes, comece com 10 segundos e gradualmente aumente o tempo. Tente trabalhar por até 3 minutos.

  • Abdominal tradicional

Esse é outro exercício clássico, basicamente todos conhecem. O maior benefício é a definição e o fortalecimento abdominal. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

1 – Deite-se de costas no chão com os joelhos flexionados. Mantenha os pés apoiados no chão.

2 – Coloque a mão por trás do pescoço. (Dicas: Bloquear os dedos, mas um pouco.)

3 – Flexione Para frente, levantando o pescoço ligeiramente com a força do abdômen. Empurre-se usando a força do abdômen, não use área do pescoço para empurra-Se, caso contrário você sentirá dor no pescoço, então é um sinal de que você não está executando corretamente. Essa é uma dica de exercício para fazer em casa, bem simples e fácil.

  • Abdominal Cruzado

Outra variação do exercício anterior. Só que com mais intensidade. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

1 – Deite-se de costas para o chão.

2 – Flexione a perna cruze a outra perna, colocando o tornozelo sobre o joelho oposto.

3 – Coloque os braços para trás e eleve o tronco.

4 – Faça um movimento se rotação de modo que o cotovelo aponte para o joelho oposto, retornando para a posição inicial em seguida.

Dicas: Faça 3 ou 4 séries com 15 repetições. Você pode repetir o movimento para o mesmo lado ou fazê-lo de maneira alternada, trabalhando os músculos em movimentos mais dinâmicos

  • Elevação Lateral das Pernas

Outro importante exercício que vai auxiliar no processo de emagrecimento, e claro, fazer a definição e fortalecimentos das pernas. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

1 – Deita-se de lado, coluna reta com as pernas estendidas na linha do tronco.

2 – Apoie a cabeça em uma das mãos e a outra mão no chão à frente do tronco.

3 – Eleve as duas pernas juntas contraindo a região lateral do abdômen e solte devagar.

Para ficar mais intenso, coloque caneleiras nos tornozelos. Faça de 2 a 3 séries de 12 a 15x (cada lado). Esse é um dos melhores exercícios.

  • Prancha Lateral com Torção

Esses tipos de exercícios auxiliam bastante no processo de emagrecimento, pois são completos. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

Esse também um bom exercício para auxiliar no emagrecimento. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

1 – De bruços, apoie os antebraços no chão.

2 – Estenda as pernas e as sobreponha, com as laterais dos pés encostadas no chão.

3 – Suba o corpo, erguendo os quadris, que estarão levemente torcidos/rotacionados.

4 – Segure por 20 segundos.

5 – Desça e faça com o outro lado.

Dicas: Faça 10 movimentos com cada lado.

  • Elevação das Pernas e Tronco

O maior benefício desse exercício é o fortalecimento da musculatura das pernas e do tronco. Abaixo teremos o passo a passo para fazer esse exercício:

1 – Deite-se de costas no chão.

2 – Agora, Suba simultaneamente o tronco e as pernas estendidas até ficar sentada nos ossinhos do bumbum (ísquios).

3 – Mantenha o abdômen contraído, as costas retas e as mãos na altura dos joelhos (b).

4 – Permaneça de 5 a 10 segundos e repita 6 vezes.

Faça 3 séries entre 6 a 15 repetições. Esse é outro exercício bom para fazer em casa.

  • Prancha Frontal Alternando os Braços

1 – De bruços, com mãos espalmadas no chão.

2 – Estenda as pernas e as mantenha levemente afastadas, as pontas dos pés apoiadas no chão.

3 – Eleve o corpo e estenda os cotovelos, mas sem travá-los.

4 – Levante um dos braços para a frente e volte – repita com o outro braço.

Faça 3 séries com 10 a 15 Repetições com cada braço. Mais um bom exercício para emagrecer.

  • Abdominal V

1 – Deitar-se de costas para o chão com as pernas retas.

2 – Estenda as mãos atrás da cabeça.

3 – Eleve as pernas juntas do chão e flexione o tronco, fazendo com que os braços possam ir de encontro às pernas.

4 – Expire quando você completa o movimento.

Faça 3 ou 4 Séries de 15 repetições. Exercício aeróbico clássico.

Pilates para emagrecer: saiba mais

O Pilates emagrece e irá auxiliar no emagrecimento, desde que feito em conjunto com uma dieta, segundo alguns especialistas, a melhor dieta para ser combinada com o Pilates é justamente a Low Carb, abaixo mostraremos alguns alimentos que podem ser utilizados.

Alimentos considerados low carb:

  • Verduras e legumes- É sempre interessante optar pelos seguintes legumes e verduras: abobrinha, brócolis, couve-flor, acelga, cogumelos, aipo, tomate cereja, couve, agrião, pimentão, aspargos, abobrinha, berinjela, espinafre, pepino, cebola, chuchu, vagem, rúcula, escarola, alho-poró, aipo e alface.
  • Frutas- Algumas frutas possuem alto índice de frutose e automaticamente mais carboidratos, então por isso as principais frutas que podem ser consumidas são abacate, morango, pêssego, melão e coco.
  • Proteínas- Os alimentos ricos em proteínas como carnes, peixes, ovos, leite e derivados, soja e quinoa, também são low carb. Esses alimentos nos auxiliam a emagrecer e ter mais saúde, porém devemos sempre optar por carnes mais magras.
  • Fontes de gorduras- Muitos alimentos ricos em gorduras também são boas opções para a dieta de baixo carboidrato, esses alimentos seriam: Azeite, oleaginosas e abacate. Os consumos desses alimentos ajudam a prevenir doenças do coração.

Alimentos não low carb

  • Proteínas- Algumas proteínas como bacon, linguiças, presuntos e carnes com pele (sobrecoxa) ou gorduras aparentes como cupim e picanha devem ser sempre evitadas, pois possuem muita gordura trans.
  • Fontes de gorduras- Tudo que for gordura trans deve ser evitado, pois além de contribuir para obesidade, esses alimentos causam doenças cardiovasculares.

Exercícios de Pilates: saiba como fazer

Existem sempre boas opções para Exercícios de Pilates, por isso mesmo listamos os melhores abaixo:

Alongamento

Vamos iniciar estes exercícios com um bom alongamento. Sente-se sobre um colchão de yoga ou pilates (ou algum colchonete mais duro que tiver em casa).

Com as pernas abertas e a coluna reta, apoie a mão direita no chão e levante o braço esquerdo colocando-o sobre sua cabeça. Respire profundamente. Conte lentamente até 5.

Em seguida, faça o mesmo com o braço direito, apoiando o braço esquerdo no chão e elevando o braço direito sobre sua cabeça.

Perdigueiro

Para fortalecer os músculos paravertebrais e os músculos do abdômen, fique em posição de cachorrinho, com a coluna alinhada.

Inspire e eleve a mão direita ao mesmo tempo em que estende a perna esquerda, de forma que fiquem paralelas ao chão.

Caso tenha dificuldade em manter o equilíbrio, você pode apoiar o seu pé na parede. Faça 3 séries de 12 repetições de cada lado.

Clapping

A fim de fortalecer os músculos do abdômen e glúteos traseiros, deite-se no seu tapete.

Inspirando, apoie as mãos na cabeça e ao mesmo tempo levante levemente a cabeça e as pernas para que fiquem perpendiculares ao chão.

Expire, voltando a cabeça para a posição neutra e apoiando as pernas no chão. Repita 10 vezes.

Abdominal com Pernas Suspensas

Seguindo com a sequência de abdominais deitada(o), levante apenas uma perna, enquanto a outra fica paralela ao chão (levemente suspensa).

Expire, voltando ambas as pernas para posição neutra, e intercale com a outra perna. Faça 5 repetições de cada lado.

Para facilitar este exercício, aconselhamos concentrar a energia do seu corpo na área da pélvis. Sinta como se um fio ligasse o seu umbigo às suas costas.

Essa concentração de energia, aliada à atenção à respiração (cada movimento uma inspiração e expiração), facilitarão a realização do movimento.

Finalizando a série

Para trabalhar o músculo interno das pernas, deite-se de lado com a perna direita alongada no chão, apoiando o cotovelo no chão e a cabeça na mão direita.

Apóie a mão esquerda no chão (ver na figura) e levante sua perna esquerda num ângulo de 90 graus. Tente manter a perna esquerda o mais reto possível.

Abaixe-a lentamente, apenas encostando na perna direita. Depois, fazendo um movimento lento, suba-a novamente. Repita 8 vezes de cada lado.

Pilates em casa: aproveite o conforto do lar

Outra excelente opção é fazer Pilates em casa, e por isso veja a lista com alguns exercícios:

Tesoura no Ar

Para fortalecer os músculos dos glúteos, da lombar e do abdômen, e o músculo posterior da coxa, fique deitada e eleve as duas pernas em direção ao teto.

Suba o tronco, a cabeça e as mãos, para tensionar o abdômen e, com as pernas sempre estendidas, imite o movimento de uma tesoura vertical.

Abdominal/Barco

A fim de fortalecer os músculos do abdômen, das costas e dos glúteos, fique deitada(o) e deixe o corpo estendido, com as pernas elevadas (se você tiver uma bola, melhor ainda) e os braços acima da cabeça.

Inspire e eleve lentamente as mãos, os braços, os ombros, a cabeça e todo o tronco, até conseguir se sentar. Faça 8 vezes.

Alongamento da Coluna

Esta posição trabalha os músculos das costas e tórax. Deite-se com a barriga para baixo. Com as pernas retas, estique os braços para frente apoiando a palma das mãos no chão.

Inspire profundamente levantando o tórax e a cabeça. Sinta os músculos das costas esticando e relaxe, expirando e voltando à posição inicial. Repita 5 vezes.

Chute com as Duas Pernas

Agora trabalharemos os músculos das costas e glúteos. Entrelace os dedos nas suas costas. Mantenha as pernas retas e próximas uma da outra.

Inspirando profundamente, levante o seu tórax e as duas pernas ao mesmo tempo. Foque em levantar os pés o máximo que puder, mantendo as pernas retas.

Levante a cabeça para que fique perpendicular ao chão.

Expire o ar soltando o tórax e retornando lentamente as penas para a posição original. Repita 5 vezes.

Meditar

Para finalizar, nada melhor do que relaxar com uma meditação. Deite-se de costas, com as pernas retas e braços esticados ao longo do seu corpo.

Feche os olhos. Inspire profundamente e expire sentindo o movimento no seu abdômen. Relaxe os dedos dos seus pés, depois as pernas, relaxe a sua pélvis, o tórax, os músculos do seu rosto.

Foque no movimento da sua respiração por alguns minutos, prestando atenção em como o seu corpo se sente nesse momento. Finalmente, abra os olhos lentamente e levante-se com cuidado.

Pilates para gestantes

Para as praticantes no primeiro trimestre de gestação, devemos manter o ritmo dos exercícios que ela estava habituada, evitando:

  • Inversões;
  • Saltos no Reformer;
  • Isometrias por tempo prolongado;
  • Os alongamentos excessivos (as não ser que você já conheça a flexibilidade anterior da sua aluna).

Durante o segundo trimestre, a barriga começa a crescer, mas ainda bem tímida, normalmente as alunas ainda conseguem ficar em decúbito ventral, até 16 semanas, porém não por um tempo prolongado.

Com as alunas que já eram praticantes, normalmente é mais fácil a prática de Pilates na gestação, pois o entendimento dos princípios e alinhamentos, e a manutenção dos exercícios praticados.

Com as iniciantes e geralmente sedentárias, devemos enfatizar o treino dos princípios e explicar a importância dos mesmos.

Portanto devemos aproveitar essa fase de muita disposição, mas sem esquecer dos cuidados.

Pilates emagrece mesmo! Veja dicas e saiba como fazer
Rate this post