Como Emagrecer Depois da Gravidez Rápido!

Como Emagrecer Depois da Gravidez de forma rápida e saudável?

Emagrecer depois da gravidez costuma ser um pesadelo para mulheres.

Isso porque, voltar à antiga forma tendo um bebê para cuidar é muito difícil. O pior é que com o tempo fica mais difícil voltar a ter o corpo que tinha antes da gravidez.

Dietas malucas? Exercícios exaustivos? Nada disso é a solução.

Pensando nas dúvidas que muitas mulheres têm, preparamos esse texto completo com vários fatores que estão ligado a perder o peso extra da gravidez e ter um corpo até melhor do que você tinha antes de ficar grávida.

Como Emagrecer Depois da Gravidez

7 Dicas de Como Emagrecer Depois do Parto

  • Não faça dietas após o nascimento do bebê

Logo nos primeiros meses após o nascimento de seu bebê, você não pode, de forma alguma, fazer dietas, ainda mais aquelas que restringem o consumo de algum nutriente, como os carboidratos.

Se você focar em uma dieta logo nos primeiros meses do pós-parto, é provável que seu processo de emagrecimento seja dificultado. Isso porque, seu corpo acaba por passar por um momento de estresse e transformação e está sofrendo o impacto da falta dos hormônios da gravidez.

O corpo da mulher demora pelo menos 40 dias (quarentena) para voltar ao normal após a gravidez. Neste período, é comum a mulher ficar debilitada pelo parto, aleitamento e privação de sono por conta dos cuidados com o bebê.

O sistema imunológico acaba sendo afetado. Por isso, se não se alimentar de forma balanceada e variada, seu corpo ficará mais exposto a doenças, o que será muito prejudicial tanto para você quanto para o bebê.

Assim, se você cortar o carboidrato de sua dieta, por exemplo, você vai colocar seu corpo sob um estresse ainda maior. Esse estresse fará com que o corpo libere uma quantidade maior do hormônio cortisol, que dificulta o emagrecimento.

Além do mais, você precisará de energia para a amamentação e para cuidar do bebê. Por isso, o recomendado é ter uma alimentação saudável e nutritiva, sem restrições. Esses alimentos ajudarão seu corpo à voltar para a antiga forma.

  • Amamentar emagrece

A amamentação, para muitas mães, é bastante complicada.

Isso porque, algumas mulheres possuem dificuldade na produção de leite ou o bico dos seios introvertido, o que faz com que seja mais difícil para o bebê sugar.

Se esse for seu caso, insista e busque orientação adequada. Falamos isso, pois a amamentação além de aumentar sua conexão com o bebê, é um ótimo método de como emagrecer depois da gravidez.

Isso porque, você gasta cerca de 500 a 700 calorias por dia ou até mais só para produzir leite. E quanto mais o bebê mama, mais as glândulas mamárias são estimuladas para que mais leite seja produzido.

Além disso, o aleitamento ajuda na contração do útero, fazendo com que ele volta ao tamanho de antes da gestação mais rapidamente.

  • Beba muito líquido

Beber muito líquido, em especial água, é importantíssimo para a produção de leite materno, que, como falamos anteriormente, é um ótimo método de como emagrecer depois da gravidez.

Manter seu corpo hidratado fará ainda com que o seu organismo funcione melhor, já que 80% do nosso corpo é constituído por água e precisamos dela para todas as atividades metabólicas.

Assim, o ideal é beber uma média de pelo menos 8 copos de água diariamente (2 litros por dia), além de tomar sopa e suco.

Você pode se guiar pela cor de sua urina: se estiver um amarelo escuro, é sinal de que você está ingerindo pouco líquido, mas se tiver bem clara, quase transparente, é sinal de que você está hidratada.

  • Use uma cinta modeladora

As cintas modeladoras pós-parto são muito recomendadas por ajudarem na postura e na recuperação de abdômen nos primeiros meses após o nascimento do bebê.

A compressão que a cinta modeladora faz, ajuda para que o útero volte ao tamanho normal de antes da gravidez, o que ajuda a diminuir a barriga.

As cintas também ajudam na recuperação da diástase, que é a separação dos músculos abdominais que pode ocorrer depois da gravidez. É uma forma visual de como emagrecer após a gravidez.

Mas, a cinta também não pode ser muito apertada. A compressão exagerada pode acabar prejudicando sua saúde. Escolha a cinta adequada para seu peso e altura e peça a orientação de seu obstetra para a escolha da cinta mais adequada.

Muitas mulheres não se adaptam à cinta modeladora. Se esse for o seu caso, não adianta insistir e estressar ainda mais seu corpo. O importante é se sentir confortável.

  • Durma sempre que puder

Como a mudança de rotina ocasionada pela chegada do bebê, dormir é um desafio. Mas, aproveite todas as oportunidades que tiver para descansar.

Uma pesquisa feita com novas mamães concluiu que aquelas que dormiam cinco horas ou menos por noite, possuíam uma probabilidade maior de não perder o peso extra que ganharam na gravidez do que aquelas que dormiam pelo menos sete horas por noite.

Isso acontece, pois se você dorme pouco, libera mais cortisol, que é o hormônio associado ao estresse que dificulta a perda de peso. Além disso, o descanso adequado fará com que você tenha mais energia e disposição para suas atividades diárias.

Tire o maior número de cochilos por dia e tente ir para a cama cedo. Aceite todo o tipo de ajuda, em especial nos primeiros dias em que você está se acostumando à essa nova etapa.

Se desligar um pouco das redes sociais, é uma ótima dica para você consegui descansar mais e ter uma maior produtividade no tempo em que o bebê está dormindo.

  • Pratique atividades físicas

Já os exercícios, podem começar a serem feitos após os primeiros quarenta dias. No entanto, é preciso que se comece com atividades de baixa intensidade.

Isso porque, durante o processo de gestação, as articulações tendem a ficarem mais frouxas, e se você pegar pesado no exercício para emagrecer logo, pode acabar tendo lesões nos ligamentos.

Após a segunda semana de gravidez, a mulher já pode fazer caminhadas leves com o bebê logo pela manhã e no final da tarde. Pegar um pouco de sol e ar fresco irá lhe fazer muito bem.

Se você seguir uma rotina regular de atividades físicas antes e durante a gravidez, você irá manter um condicionamento físico constante, o que fará com que seja menos propenso um ganho de peso muito alto.

Os exercícios também amenizam problemas de dores pélvicas e na lombar e, por liberarem auto estima, diminui as chances de depressão pós-parto. Entretanto, tanto durante a gravidez quanto depois, os exercícios devem ser supervisionados por um profissional capacitado.

Os melhores exercícios para se praticar durante a gravidez são aqueles de baixo impacto, como caminhada e hidroginástica. É importante ressaltar que cada mulher deve ser avaliada individualmente antes de iniciar qualquer atividade.

  • Cuide da aparência de sua barriga

As estrias são cicatrizes que ocorrem quando há a destruição das fibras elásticas e colágenas na pele. Elas ocorrem na gravides, por causa do estiramento da pele.

As barrigas e seios são os locais mais comuns para o aparecimento de estrias. Já foi comprovado que os óleos são pouco eficazes quando o assunto é evitar estrias na gravidez.

Isso porque, as estrias aparecem por falta de hidratação e os óleos dão uma falsa sensação de estar hidratando a pele.

O que realmente funciona para evitar estrias causadas pela pele que é esticada durante a gravidez, é usar hidratantes para firmas a pele ricos em D pantenol, vitamina E e óleos vegetais.

Beber muita água, como falamos anteriormente, é essencial para a hidratação do corpo. Esses cuidados devem continuar quando o bebê nascer.

Atualmente, há muitos tratamentos para estrias e flacidez, como laser, radiofrequência, peeling, drenagem e entre outros. Alguns desses tratamentos podem ser feitos paralelos à amamentação. Peça orientação do seu médico quanto a isso.


O Tipo de Parto Influencia em Como Emagrecer Depois da Gravidez?

Apesar de não haver uma relação direta entre o tipo de parto escolhido e o emagrecimento, há fatores que estão ligados à perda de peso após o nascimento do bebê.

O parto normal, faz com que a mulher volte às suas atividades mais rapidamente. Isso porque, a recuperação é mais rápida, o que faz com que o corpo também volte mais rapidamente ao que era antes.

Além disso, o parto normal influência que a atuação natural dos hormônios e na produção de leite para a amamentação e, como você já sabe, amamentar emagrece.

Já no parto cesariano, a mulher demora mais tempo para se recuperar do processo cirúrgico, e consequentemente demora mais a poder utilizar os métodos de como emagrecer depois do parto.


Hábitos alimentares para ajudar em como emagrecer rápido depois da gravidez:

Esses hábitos irão fazer bem tanto para sua saúde quanto para seu bebê, pois irá favorecer à amamentação. Além de dar maior disposição.

  • Prefira alimentos grelhados ou assados;
  • Inclua sopas e saladas em seu cardápio;
  • Coma muitos vegetais, que são ricos em fibras e ajudarão no melhor funcionamento do sistema digestivo;
  • Evite comer excesso de sal, que favorece a retenção de líquidos;
  • Evite industrializados, como enlatados, congelados e refrigerantes;
  • Evite o excesso de gordura;
  • Evite alimentos com alto teor de farinha branca, como bolos, massas, biscoitos, tortas e pães;
  • Tome muito líquido;
  • Se alimente de duas em duas horas.

Você cuidar da alimentação, é a melhor forma de como emagrecer depois da gravidez!


Dieta Para Emagrecer Depois Gravidez

Para voltar à antiga forma e se manter nutrida, a dieta pós-parto prevê um cardápio de cerca de 1500 calorias. Essa dieta deve ser feita por pelo menos seis meses após o fim da amamentação.

Mulheres que amamentam devem ter um cardápio diário de aproximadamente 1900 calorias. O cardápio da mulher que está amamentando deve conter aproximadamente 1900 calorias por dia:

Abaixo, preparamos duas opções de cardápio para mulheres emagrecerem no pós-parto: um para aquelas que amamentam e outro para as que não amamentam mais. Confira:

Cardápio Pós-Parto (Para mães que amamentam)

Confira a dieta para quem amenta. Esse cardápio irá fazer com que você fique nutrida e cheia de energia para suas atividades. Confira:

  • Café da manhã:

Opção 1: 1 copo de suco de abacaxi com hortelã, 2 fatias de pão integral light com queijo cottage e 1 fatia média de melão.

Opção 2: 1 copo de iogurte natural batido com meio mamão e 1 colher de sobremesa de linhaça/ 1 fatia de pão integral com queijo minas e geleia sem açúcar/ 1 xícara de chá de hortelã ou erva doce.

Opção 3: 1 taça de salada de frutas (morango, melão, mamão, maçã e banana com 1 copo de iogurte natural com 1 colher de chá de mel e 3 colheres de sopa de aveia/ 1 fatia de pão integral com requeijão light.

  • Lanche da manhã:

Opção 1: Meio mamão com 2 colheres de sopa de aveia e 1 colher de sopa de linhaça e 1 xícara de chá de hortelã ou erva doce.

Opção 2: 1 banana com aveia e 1 queijo tipo polenguinho.

Opção 3: 1 xícara de chá de hortelã ou erva doce e 1 fatia de bolo simples.

  • Almoço:

Opção 1: 1 prato de sobremesa de mix de salada verde, tomate e cenoura ralada temperada com 1 colher de azeite/ 3 colheres de sopa de arroz integral/ 2 conchas cheias de feijão/ 1 porção de cerca de 130 gramas de filé de frango grelhado e 1 pires de brócolis no vapor com lascas de castanha-do-pará.

Opção 2: 1 prato de sobremesa de salada de alface, tomate, ricota e lascas de maçã, temperada com 1 colher de azeite/ 2 colheres de purê de mandioca/ macaxeira/ 1 concha de lentilha/ 4 colheres de sopa de carne moída magra refogada com abobrinha.

Opção 3:  1 prato de sobremesa de salada de folhas verdes escuras com beterraba ralada e pepino, temperada com 1 colher de azeite/ 2 colheres de sopa de suflê de espinafre/ 2 escumadeiras de macarrão integral/ 1 filé de 150 gramas de peixe grelhado e 3 colheres de sopa de vargem refogada.

  • Lanche da tarde:

Opção 1: 2 torradas integrais com 2 colheres de sobremesa) de geleia de morango com 1 xícara de café de leite desnatado.

Opção 2: 1 fatia de pão integral light com 1 fatia de queijo branco e 1 copo de suco de uva.

Opção 3: 1 copo de água de coco com 1 maçã e 1 barra de cereal.

  • Jantar:

Opção 1: 1 prato de sopa de legumes com frango.

Opção 2: 1 prato de sopa de espinafre com carne moída com tomate, abobrinha e ervilha.

Opção 3: 1 prato de sobremesa de salada de folhas verdes escuras, tomate e cenoura ralada, temperada com azeite e gotas de limão/ 3 colheres de sopa de arroz integral com ervilha/ 1 filé médio (cerca de 130 gramas) grelhado e fatias de berinjela assada.

  • Ceia:

Opção 1: 1 banana assada com canela e 1 xícara de chá de hortelão ou erva doce.

Opção 2: 1 copo de iogurte de frutas com 1 colher de sopa de aveia e 1 xícara. de chá de hortelã ou erva doce.

Opção 3: Meia xícara de chá de mix de castanhas e frutas secas  (damasco, castanha-do-pará, nozes, passas e amêndoas), 1 xícara de chá de ervas de hortelã ou erva doce.

Opções de lanche para madrugada (depois da mamada),  é um bom exemplo de como emagrecer depois da gravidez com saúde.

  • 1 xícara de chá de ervas (hortelã cidreira, camomila ou erva doce).
  • 1 banana
  • 1 copo de iogurte de frutas
  • 1 copo de água de coco

Dieta Pós-Parto (Para Mães Que Não Amamentam)

Esta dieta é para mamães que não amamentam mais. Por isso, o cardápio diário possui uma quantidade menor de calorias.

  • Café da manhã:

Opção 1:  1 copo de suco de laranja-lima batido com meio mamão acompanhado de 2 torradas integrais light com queijo cottage.

Opção 2: 1 copo de iogurte desnatado com 2 colheres de sopa de aveia, meia banana com canela e 5 morangos.

Opção 3: 1 xícara de café ou chá verde com 1 omelete de 1 ovo com peito de peru defumado e 1 fatia de melão.

  • Lanche da manhã

Opção 1: 1 maçã com uma colher de sobremesa de granola.

Opção 2: 1 barra de cereais light.

Opção 3: 4 damascos secos com passas.

  • Almoço

Opção 1: 1 prato de sobremesa de salada de agrião, rúcula, alface, tomate, cenoura e erva-doce, temperada com azeite/ 2 colheres de sopa de batata doce com ervas/ 1 concha de feijão/ 4 colheres de sopa de vagem refogada/ 2 bifes (100 gramas) de carne bovina magra.

Opção 2: 1 prato de sobremesa de salada de tomate, alface, ricota e maçã, temperada com azeite e orégano e 1 colher de gergelim / 2 colheres de arroz integral/ 1 filé de frango grelhado (130 gramas)/ 1 ires de couve-flor e brócolis cozido no vapor.

Opção 3: 1 prato de salada de mix de folhas verder-escuras, beterraba e pepino, temperada com azeite e linhaça/ 3 colheres de arroz 7 cereais/ Filé de peixe grelhado (150 gramas)/ 3 colheres de sopa de ervilha refogada.

  • Lanche da tarde

Opção 1: 1 ameixa com 2 morangos.

Opção 2: Salada de frutas com chia.

Opção 3: 1 copo de suco verde (couve, pepino, hortelã e maçã) sem adoçar.

  • Lanche do final da tarde

Opção 1: 1 torrada integral com geleia sem açúcar.

Opção 2: 1 copo de água de coco com 1 barra de cereal light.

Opção 3: 1 iogurte light com uva passa.

  • Jantar

Opção 1: 1 prato raso de sopa de legumes com isca de frango grelhada e 3 colheres de sopa de batata doce refogada.

Opção 2: 1 omelete de 1 ovo e 2 claras com espinafre e salada de folhas verdes e tomate.

Opção 3:  abobrinha recheada com soja (ou carne moída magra), ricota e molho de tomate caseiro.

  • Ceia

Opção 1: 1 pera ou maçã assada com canela.

Opção: 1 iogurte light

Opção 3: Meio copo de iogurte desnatado batido com meio mamão.


Como se livrar da barriga flácida depois da gravidez

O pós-parto, certamente, é um período cheio de mudanças para as mulheres.

Com essas mudanças, vem os quilos extras e a flacidez, que é uma sobra de pele ocasionada pelo “efeito sanfona”, isto é, por a pessoa de engordado e emagrecido muitos quilos em pouco tempo.

A aparência enrugada na barriga é motivo de grande insatisfação e abala a autoestima das mulheres.

Para acabar com a barriga flácida após a gravidez, é preciso adotar uma rotina saudável, que inclui uma alimentação equilibrada e a prática de exercícios físicos.


Os melhores exercícios para acabar com a flacidez da barriga

A região abdominal é constituída por um grande músculo na região frontal e mais alguns músculos menores, como os oblíquos e o transverso. Todos esses músculos precisam ser exercitados para que acabe a flacidez da barriga.

Há dois exercícios de força que são muito bons para resolver a flacidez abdominal, que são o abdominal e a prancha,  são exercícios fáceis de aplicar e um bom exemplo exemplo de como emagrecer depois da gravidez de casa.

Esses exercícios podem ser feitos em casa ou na academia, mas devem ser aliados às atividades aeróbicos que possuem um gasto calórico maior, o que permite a perda de peso, como corrida, caminhada, natação e etc.

Quanto menor for o índice de gordura corporal, mais fácil será de acabar com a flacidez e tonificar o abdômen. No abdominal, você deve deitar no chão e levar seu tronco ao encontro dos joelhos.

Enquanto que na prancha é um exercício que trabalha todos os músculos do abdômen e exige força nos braços e nas pernas. A prancha consiste em ficar no chão de barriga para baixo, apoiando o corpo nos antebraços e pés.

Fique nessa posição o máximo de tempo que conseguir.


Emagrecendo Rápido Depois da Gravidez:

Agora que você possui as informações necessárias sobre como emagrecer depois da gravidez, basta dedicação e a divisão de tempo entre suas atividades. Não se cobre tanto e entenda que seu corpo passou por uma transformação intensa tanto por dentro como por fora.

Muitas mulheres têm como base as celebridades que perdem peso rapidamente e em poucos meses aparecem exibindo uma ótima forma. No entanto, o que você não sabe é que as fotos, muitas vezes, passam por edição e que elas possuem acesso à tratamentos estéticos caríssimos.

Ou seja, a realidade delas é muito diferente, sendo impossível uma comparação. Entenda que cada corpo reage diferente aos processos de gravidez, bem como o retorno para seu estado normal.

Como Emagrecer Depois da Gravidez Rápido!
5 (100%) 32 votes

Leave a Reply